VW Space Cross encara Fiat Week. Adventure

VW Space Cross encara Fiat Week. Adventure

02/06/2022
0 Comentários

As peruas estão deixando de ser sinônimo de carro familiar por causa dos utilitários-esportivos. Das poucas sobreviventes, a Space Cross acaba de ser renovada e desafia a Weekend Adventure, líder de vendas do segmento. O modelo da Volkswagen parte de R$ 71.740 e o da Fiat, de R$ 63.290.

Mesmo com a diferença de R$ 8.450, a Space Cross superou a rival. Os 13% que ela custa a mais que a Fiat são justificados pelo projeto mais atual, por ter seguro mais barato e maior lista de equipamentos de série.

A Volkswagen sai de fábrica com espelho eletrocrômico, volante multifuncional, sensores de chuva e acendimento automático dos faróis. Esses itens são opcionais na Weekend.

Controles de tração e velocidade de cruzeiro não estão disponíveis para a Weekend. Mas só a Fiat tem bloqueio eletrônico de diferencial (opcional).

O nível de acabamento é similar. No visual, a Weekend se destaca por ser mais “parruda”.

Em movimento, a posição de dirigir dessas peruas é elevada, o que incomoda motoristas com mais de 1,80 metro. Na VW é mais fácil encontrar a posição de guiar, já que o volante tem ajuste de altura e profundidade. Na Fiat, só há o de altura.

Nas duas, a distância entre os eixos é de 2,46 metros. O espaço é bom para quatro adultos.

No porta-malas, a vantagem é da Fiat, com seus 460 litros. São 20 l a mais que o da rival.

No papel, a Weekend tem motor melhor com até 132 cv – são 12 cv a mais. Na prática, o câmbio de seis marchas com engates justos e relações curtas deixa a VW mais ágil.

A direção com assistência elétrica também é mais precisa que a hidráulica da Fiat.

As suspensões da VW são mais firmes que as da Weekend. Com isso a carroceria balança menos e o conforto é maior.

[galeria id=”21817″]

As peruas estão deixando de ser sinônimo de carro familiar por causa dos utilitários-esportivos. Das poucas sobreviventes, a Space Cross acaba de ser renovada e desafia a Weekend Adventure, líder de vendas do segmento. O modelo da Volkswagen parte de R$ 71.740 e o da Fiat, de R$ 63.290.

Mesmo com a diferença de R$ 8.450, a Space Cross superou a rival. Os 13% que ela custa a mais que a Fiat são justificados pelo projeto mais atual, por ter seguro mais barato e maior lista de equipamentos de série.

A Volkswagen sai de fábrica com espelho eletrocrômico, volante multifuncional, sensores de chuva e acendimento automático dos faróis. Esses itens são opcionais na Weekend.

Controles de tração e velocidade de cruzeiro não estão disponíveis para a Weekend. Mas só a Fiat tem bloqueio eletrônico de diferencial (opcional).

O nível de acabamento é similar. No visual, a Weekend se destaca por ser mais “parruda”.

Em movimento, a posição de dirigir dessas peruas é elevada, o que incomoda motoristas com mais de 1,80 metro. Na VW é mais fácil encontrar a posição de guiar, já que o volante tem ajuste de altura e profundidade. Na Fiat, só há o de altura.

Nas duas, a distância entre os eixos é de 2,46 metros. O espaço é bom para quatro adultos.

No porta-malas, a vantagem é da Fiat, com seus 460 litros. São 20 l a mais que o da rival.

No papel, a Weekend tem motor melhor com até 132 cv – são 12 cv a mais. Na prática, o câmbio de seis marchas com engates justos e relações curtas deixa a VW mais ágil.

A direção com assistência elétrica também é mais precisa que a hidráulica da Fiat.

As suspensões da VW são mais firmes que as da Weekend. Com isso a carroceria balança menos e o conforto é maior.

[galeria id=”21817″]

Fonte: Estadão