Chevrolet Captiva 2021 chinesa chega ao mercado do Oriente Médio
Chevrolet Captiva 2021 chinesa chega ao mercado do Oriente Médio

Chevrolet Captiva 2021 chinesa chega ao mercado do Oriente Médio

05/30/2021
0 Comentários

Embora a GM tenha definido sua gama de carros compactos com base na plataforma global GEM (VSS), atribuída às marcas Buick e Chevrolet, a gama da segunda ainda contempla produtos de origem “mais chinesa”.

Nesse caso, são produtos oriundos da joint-venture SAIC-GM, mais especificamente associados com a marca local Baojun. O objetivo dessa manobra é oferecer carros mais baratos com um custo ainda menor em determinadas regiões.

África, Oriente Médio, América do Sul e Sudeste Asiático, são alvos de modelos da Chevrolet derivados de carros da Baojun e a Captiva 2021 atual é um deles.

á presente em alguns países vizinhos ao Brasil, a Chevrolet Captiva 2021 substitui o modelo antigo de origem asiática, que era maior que a Captiva Sport fabricada no México e vendida tanto aqui quanto nos EUA.

Agora, essa Captiva derivada do Baojun 530 chega ao Oriente Médio. Com 4,655 m de comprimento, 1,835 m de largura, 1,760 m de altura e 2,750 m de entre eixos, o SUV da Chevrolet tem sete lugares e estilo semelhante ao modelo da chinesa.

Equipado com motor 1.5 Turbo de 145 cavalos e 25,3 kgfm, a Chevrolet Captiva 2021 tem transmissão CVT e tração dianteira. O conjunto entrega um consumo médio de 13,3 km/l.

Tendo itens como ar condicionado digital, multimídia com tela de 8 polegadas, bancos em couro, difusores de ar para os passageiros de trás, freio de estacionamento eletrônico e terceira fileira escamoteável, a Chevrolet Captiva 2021 tem uma proposta interessante.

Mesmo com controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, múltiplos airbags, entre outros, a Captiva 2021 não deve colocar suas rodas em território brasileiro.

A GM tem outros planos para cá e eles estão atrelados ao produto sucessor da Spin, que também pode levar sete pessoas. Junto com o Chevrolet Cavalier (Baojun 630), a Captiva 2021 é mais um Chevrolet chinês, que também pode ser visto como MG Hector na Índia ou Wuling Almaz, presente na Indonésia.

Fonte: GM Authority